Página Inicial » Marketing Digital » SQL Marketing: saiba como identificar mais oportunidades

SQL Marketing: saiba como identificar mais oportunidades

Venha aprender como o SQL Marketing vai te ajudar a encontrar as melhores oportunidades na internet.

Lead são pessoas. Como seres humanos, podem movimentar-se em direção à compra ou declinar dessa. No marketing digital, é importante monitorar esse comportamento, a fim de saber o melhor momento para fazer uma oferta. É aí que surge a importância do SQL Marketing.

Trata-se de uma sigla inglesa para designar o Sales Qualified Lead (público qualificado para venda, em tradução livre). É a parcela de um público que já demonstrou interesse na compra de um produto ou serviço. Exatamente por isso, merecem atenção especial da equipe de marketing e de vendas.

A ferramenta pode representar uma grande economia de tempo e recurso. Sabendo quais clientes estão mais próximos do ponto de comprar, uma empresa poderá direciona melhor seus esforços. Dessa forma, o SQL marketing evitará antecipações, que podem frustrar todo um trabalho.

Você é nosso LQL (Learn Qualified Lead), o público que está no momento exato para aprender um novo conceito. Fique conosco até o fim do texto e aprenda sobre uma ferramenta que potencializará seus resultados.

SQL Marketing: saiba como identificar mais oportunidades

Imagine a cena: você está no centro da cidade, caminhado em direção a um restaurante na hora de almoço. Quando está a um passo de entrar no estabelecimento, sentindo o cheiro do churrasco, uma moça se coloca a frente do caminho e oferece uma avaliação dentária com desconto.

Quais são as chances de você ceder a oferta da moça? Zero. No exemplo, a vendedora poderia estar muito bem preparada e, talvez, com uma oferta que realmente interessasse ao público abordado. O momento escolhido, porém, fez com que toda a ação fosse um fracasso.

Você pode ver a situação como óbvia. A final, quem vai a um restaurante procurar por um tratamento dentário? No entanto, é exatamente isso que você faz com seu cliente. Toda vez que você desconsidera a qualificação dele, está fazendo uma oferta esdrúxula e um tempo inoportuno.

Por qualificação, entende-se o grau de envolvimento que um cliente tem com o produto que você deseja vender. Há três níveis básicos que devem ser considerados na jornada da venda. Cada uma dessas etapas e o que deve ser feito em cada uma delas será explicado a seguir.

O cliente não sabe que tem um problema

SQL Marketing

Existem produtos de necessidade real inquestionável. Um supermercado não precisa convencer seus clientes da importância de alimentar-se regularmente, por exemplo. No entanto, a maior parte dos produtos não se encaixa nesse grupo. É para esse que o SQL marketing existe.

Se você pretende vender um curso ou e-book on-line, muito provavelmente, o cliente não sabe que precisa do seu produto. Ele não pode se quer considerar a possibilidade de comprá-lo, pois está confortável na forma em que vive. Tomemos como exemplo um trabalhador CLT.

Há muito tempo, ele tem o mesmo rendimento mensal e está satisfeito com isso. Paga suas contas, pede empréstimos e sonha com a aposentadoria por tempo de serviço. Nessa etapa, oferecer um curso de investimentos na bolsa ou geração de renda extra não surtirá efeito algum.

Na escala de compra, esse é o cliente totalmente frio. Exatamente por isso, é totalmente imune a propagandas do tipo “aumente sua renda”, “dobre seu faturamento em um mês”. Deve-se considerar a veiculação de outro tipo de conteúdo para “aquecê-lo”.

A chama que pode despertar esse cliente é, por exemplo, “tenha mais tempo com sua família”. Ele não tem interesse em ganhar mais dinheiro, mas talvez queira aproveitar melhor os filhos. Quando visualizar esse tipo de propaganda, ficará tentado a saber mais.

Nesse momento, o cliente pode reconhecer que tem um problema, ou algo em sua vida que precisa ser modificado. Logo, ele passará de totalmente desinteressado a curioso. Cuidado, porém! Esse ainda não é o momento de oferecer o produto. Invista em conteúdo gratuito e mostre autoridade.

Você está com dúvidas para montar um lead qualificado? Agende uma conversa com a agência de marketing digital referência no mercado desde de 2011: Seja Vistoo.com.

O cliente percebeu que tem um problema

Nessa fase, a nossa personagem já não está totalmente confortável na forma em que vive. Percebeu que há algo a melhorar, mas ainda não sabe o quê ou como proceder. Ele deu um passo inicia em direção à compra, mas ainda não será convencido por uma oferta.

É uma etapa de transição. O cliente está dividido entre sua zona de conforto e a decisão pela mudança. Ele pode ignorar o incomodo inicial que uma boa estratégia marketing provocou ou iniciar uma busca por algo que possa saná-lo. Há alguns sintomas que denunciam esse amadurecimento do lead.

O engajamento do público cresce. Eles interagem, comentado em post ou enviando perguntas diretas. Nessa fase, a empresa deve aproximar-se do cliente, mas sem executar a proposta final. Para os especialistas em SQL marketing, ofertar material gratuito é o mais indicado.

SQL Marketing

Ofereça e-books informativos, aulas que abordem a problemática do cliente ou webnários. Não esqueça, porém, que no marketing digital não há almoço grátis. Você não venderá nada ao seu lead, mas, em trocado do conteúdo que oferece, pedirá informações.

Neil Patel, mestre do marketing digital mundial, afirma que essa é o momento de conhecer melhor o público. Se você só pede dados básicos como e-mail, não entenderá quão perto da compra está o seu lead. É necessário ir além e perguntar mais sobre o seu possível cliente.

A pergunta deve ser simples e alinhada a seu produto. Servirá como base para avaliar se aquele cliente está pronto para receber a oferta ou precisará de mais conteúdo gratuito. Seguindo o exemplo do tópico anterior, pode-se perguntar: ”em quanto tempo você deseja obter renda extra? ”

Dificuldade para monitorar o seu público? Converse com quem oferece o melhor serviço do país em mídias digitais: Seja Vistoo.com.

O cliente comprará seu produto

O coroamento de todo um trabalho bem feito virá, sem dúvida, com um alto número de conversões. Nessa fase, o seu público já foi alcançado pelo SQL marketing. Mais do que isso, considerou confiar nos serviços que você oferece e está a um passo de efetuar a compra.

A conversão se dará por uma oferta enviada por e-mail, ou o cliente comprará diretamente na sua página de vendas. No entanto, evite cantar vitória antes do tempo. Um copy fraco na proposta ou um site lento podem fazer o cliente desistir da compra.

Por isso, redobre a atenção nessa etapa e cuide para que tudo aconteça da melhor forma. Dê todo o suporte a seus clientes, tire dúvidas e esclareça o que for necessário. Assim, você monetizará seu público e o tornará ainda mais próximo de ofertas futuras.

Você aprendeu algo sobre SQL marketing com esse artigo? Envie para seus amigos mais próximos, para que eles também tenham mais resultados no meio do marketing digital.

1 comentário em “SQL Marketing: saiba como identificar mais oportunidades”

Os comentários estão encerrado.

Open chat
Oi, tudo bem? Como posso te ajudar? :)
Oi, tudo bem?
Como posso te ajudar? :)